terça-feira, 31 de dezembro de 2013

She's my person

Acho que nunca aqui escrevi só sobre ela. Já a envolvi em muitos posts, mas nunca lhe dediquei só um. E ela merece. E hoje por ser o último dia do ano decidi fazê-lo. 
Esta ela de que eu tanto falo é uma amiga, mas não é uma amiga qualquer. Toda a gente tem amigas e amigos, mas uma amiga como ela não sei se muita gente terá. É certo que é a minha melhor amiga, mas nunca nos chamamos isso. Acho que as poucas vezes que lhe digo isso ou é quando faz anos ou quando fazemos uma reflexão sobre a nossa amizade (ahahah). E nem gosto de lhe chamar isso, não sei porquê, mas não gosto e ela também não o faz. Não gostamos. Mas sabemos o que somos uma para a outra.
Ela é aquela pessoa que sabe como eu vou reagir às coisas quase antes de eu o fazer, que sabe como é que sinto as coisas antes de lhe dizer e que me diz "eu sabia" quando lhe conto alguma coisa. Ela é aquela pessoa que me chama sempre à razão, que me dá na cabeça sempre que faço alguma coisa menos bem e que me diz que não estou a agir bem. Ela é aquela pessoa que diz que não gosta do que tenho vestido, que diz que fico melhor de cabelo comprido e que diz que não gosta do que acabei de comprar. Ela é aquela pessoa que me deixa chorar, que me deixa desabafar e que não tem medo de me ver mal nem de falar em coisas que sabe que me vão deixar triste. Ela é aquela pessoa que não se importa de me ouvir falar nele, que me diz que era uma parolo do pior e que me diz que estou a ser demasiado lamechas. (Aposto que é o que estás a pensar agora!) Ela é aquela pessoa que fazia videochamadas com o meu ex-namorado, que tinha o número dele no telemóvel e que lhe deu na cabeça quando foi estúpido comigo. Ela é aquela pessoa que vem cá a casa quando quer, que dorme na minha cama comigo, que vem de férias connosco e que já faz parte da mobília. Ela é ao mesmo tempo o meu anjinho e diabinho em cima do ombro (daqueles que vemos nos desenhos animados)! Ela foi aquela pessoa à qual disse que íamos acabar e à qual liguei imediatamente depois de acabarmos a chorar muito. Ela foi aquela pessoa que nesse mesmo dia, me obrigou a sair de casa para ver se me animava. E acho que se não sabe tudo sobre mim, sabe quase tudo! E agradeço-lhe por tudo o que já fez por mim. Porque uma amizade assim não se encontra todos os dias e espero ser pelo menos um bocadinho tão boa amiga como ela! E só espero que um dia, daqui a muitos anos, ainda façamos parte da vida uma da outra e da maneira como sempre idealizamos. Porque eu adoro-a, demais, e faço tudo por ela! E só peço que no próximo ano consigamos fazer a nossa viagem a Paris, querida.
Ahh... e é a única pessoa com quem como cachorros ao lanche!!

 
"Quero que saibas que podes contar com o meu amparo
Amizade pura é um sentimento cada vez mais raro
Conto contigo para fazeres o que faço por ti
E quando nada correr bem eu estou aqui"

Sem comentários: