quarta-feira, 12 de fevereiro de 2014

Uma mulher no meio de homens

Cada vez mais me sinto melhor no meio de rapazes. Por ter sido "obrigada" a tal ou por outra razão qualquer, mas, agora, sinto-me melhor no meio deles, do que no meio delas. 
Ao longo da minha vida, os meus grupos de amigos foram sempre constituídos maioritariamente por raparigas. Porém a partir do ano passado isso mudou. De um momento para o outro, vi-me a dar-me com pessoas que não me dava e, de repente, já éramos os melhores amigos. Num grupo cinco, somos duas raparigas e aquilo que no início era um pouco constrangedor, agora é completamente normal e banal. Neste momento, sinto-me até muito mais à vontade no meio deles os três, do que no meio de um grupo de raparigas. Porquê? Não sei, mas criamos uma relação... assim, e sinto-me melhor com os rapazes, actualmente. Para além disto, o facto referido no último post, fez com que na escola passe o tempo mesmo só com rapazes. E não é pouco... Antes achava constangedor, agora é a coisa mais normal do Mundo. Já não sinto problema nenhum em ficar sozinha com eles e já é completamente vulgar estarmos eu e só rapazes em minha casa. Há quem ache mal e estranho, principalmente os meus avós, mas eu não me importo nada. São a melhor companhia do Mundo e não tenho problemas nenhuns nisso. E falamos de tudo!! De raparigas e das suas belas curvas, de escola e estudos, de futebol, de Victoria's Secret, de sexo, de lingerie e até de coisas relacionadas com a altura complicada do mês. E repito não tenho problemas nenhuns nisso!!!
Sinto-me melhor com eles e toda a gente já percebeu isso. Não temos constrangimentos nenhuns e tenho mais à vontade para falar com eles sobre coisas que se costumam falar entre mulheres, do que falar sobre isso com mulheres mesmo. Sou uma mulher no meio de homens, eu e a minha menina, e sou muito mais feliz assim.

2 comentários:

Ace disse...

só tive duas amigas com o verdadeiro sentido da palavra, o resto é tudo rapazes :)

Ace disse...

só tive duas amigas com o verdadeiro sentido da palavra, o resto é tudo rapazes :)