domingo, 5 de maio de 2013

Independências e coisas dessas

Esta "dependência" das pessoas de quem gosto tira-me do sério. Já fui muito pior, já fui muito mais nhé nhé, mas, apesar de me já ter aprendido a controlar-me, ainda não me consigo desligar. Eu quero e preferia ser completamente independente de tudo e todos, mas não sou e não sei até que ponto é que, apesar de querer, seria bom para mim. Aprendi a lidar com isto e com esta minha maneira de ser, mas ainda está longe de deixar de ser um dos meus maiores defeitos. Apego-me muito às pessoas e depois disso acontecer é difícil de despegar. Já não sou melosa, nem pirosinha como era, nem aguento cenas de excessivo mel,  mas ainda me é difícil de desligar dessas pessoas. Não quero deixar de ter sentimentos, mas quero ser ainda mais desprendida. Principalmente dos meus amigos.

2 comentários:

Rita disse...

Sermos mais independentes das pessoas de que gostamos pode ser uma maneira de nos protegermos, mas estar agarrados a eles é das melhores coisas do mundo, não é? :)
Beijinhos

coisinha disse...

Sim, tens toda a razão!!!!