quinta-feira, 13 de junho de 2013

Quem quiser que fique. Obrigada!

E há pessoas que ainda nos conseguem surpreender... pela negativa! Ficou-me atravessado e eu, como sou de esquecimento difícil, não sei como vão ser estas relações daqui para a frente. A culpa até pode, em parte, ser nossa, mas, que fique bem claro, não fomos nós quem causou esta situação toda.
Quem quiser ficar, que fique, quem não quiser, adeus, foi um prazer. Só quem cá está é que faz falta e, neste momento, só há 6 pessoas que iriam fazer mesmo falta. E, muito sinceramente, espero que continuem por cá, do meu lado, por muito tempo! Não sei o que seria de mim sem eles!

Sem comentários: