segunda-feira, 14 de outubro de 2013

Se há coisa que me deixa mesmo feliz é o facto de, ao fim de dois anos, estar completamente bem com o meu ex-namorado. Houve ali uma fase em que nem o conseguia ver à frente e demorei algum tempo a ultrapassar aquilo. Foram só três meses, mas eu gostava imenso dele. Consegui esquecer e, agora, temos uma relação mesmo boa. Falamos quando nos apetece, sobre o que nos apetece, sem constrangimentos nenhuns e sei que, lá no fundo, ele me vai apoiar sempre. Sei que se precisar posso ir desabafar com ele e fico mesmo feliz por isso. Ele não é a melhor pessoa do mundo, já o foi é certo, mas não é, e fez-me sofrer muito, mas é um bom amigo. E é bom poder voltar a contar com ele. Sinto-me mesmo bem por isso. Sinto que foi uma fase que acabou e que recomeçou de outra maneira... melhor.

Sem comentários: