terça-feira, 9 de julho de 2013

Porque o amor é fodido

O amor é fodido, muitas vezes! Muitas mesmo! Dá cabo da cabeça (e do músculo cardíaco) muitas vezes e magoa muito, muitas vezes. E é fodido! Mas a falta de sentir aquele aperto no coração e aqueles seres voadores na barriga é tão ou mais fodida. E, neste momento, eu sinto falta disso. Sinto falta de estar sempre agarrada ao telemóvel. Sinto falta daquela falta de ar constante. Sinto falta daquele brilhozinho nos olhos. E sim, o amor é fodido, muitas vezes, mas "esta espera" também...

Sem comentários: